sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Pedagogia da Autonomia, de Paulo Freire

Publicado originalmente em 1996, Pedagogia da Autonomia é, como colocado por Paulo Freire, um livro otimista. A esperança do patrono da educação brasileira é uma pedagogia fundada na ética, no respeito à dignidade e à autonomia do educando. 
Ao longo dos três capítulos, Freire discorre sobre vários assuntos caros, como a responsabilidade ética dos educadores, a ausência de neutralidade no fazer pedagógico, a diferença entre autoridade e autoritarismo de modo esclarecedor e humilde, como sempre foi em suas aulas e palestras.
Para mim, é um prazer ler e reler Paulo Freire porque sempre aprendo com a sua experiência. Este é um livro que certamente indico para os meus colegas de profissão. Muitos dos sonhos do patrono da educação ainda não foram concretizados. Quem sabe, um dia, poderemos dizer que nossa prática educativa é mais gentil, pautada no respeito, na ética e na esperança.

Observação: o comentário está mais curto do que o normal porque estou com dor de cabeça e, infelizmente, não consigo escrever mais. 😢

Nenhum comentário:

Postar um comentário