terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

os primeiros erros

queima
um pouco abaixo do sutiã 
por dentro
então, começa a subir, fazendo círculos
sinto frio nos pelos das canelas à mostra
e um tremor que começa nos dedos
toma o controle das minhas mãos
então eu preciso manter os cotovelos sobre a mesa
o calor que sobe fazendo círculos
encontra a minha garganta
as cordas vocais brincam, se agitam
e o som sai em outro compasso
sinto que ainda falta muito
há lenha para queimar
e queima.
não consigo andar assim
quando fogo encontra fogo
quando o encontro é confronto
eu espero.
murmuro aquela prece pra santo nenhum
ouço o silêncio e só 
eu espero,
eu escrevo,
então eu me atrevo a olhar de novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário