terça-feira, 10 de abril de 2018

O Evangelho Segundo Jesus Cristo (José Saramago)


Esse livro já está na minha estante a algum tempo. Não o li antes, devido às inúmeras atividades que teimam em ficar na frente. Porém, é preciso admitir: todas as vezes em que eu passava pelo quarto e o olhava, sentia a necessidade de devorá-lo o quanto antes. E foi o que eu fiz: durante um mês, ele me acompanhou por todo o trajeto até à escola. Que bela companhia!

Publicado originalmente em 1991, O Evangelho Segundo Jesus Cristo narra a história mais conhecida de todas, aquela que nos é contada desde pequenos. Porém, ainda que os personagens sejam os mesmos - Jesus, seus pais, os discípulos, Deus e o Diabo, entre outros -, Saramago atenta-se aos detalhes (e acrescenta outros) que em nossas leituras do Novo Testamento passam despercebidos. 

Muito mais preocupado com o lado humano do que com os milagres, o narrador acompanha a vida de Jesus desde a sua concepção até o dia de sua morte, compartilhando com nós, leitores, os sofrimentos do carpinteiro José pelo o que acontece em Belém, a submissão e o desemparo de Maria, o relacionamento do Filho do Homem com Maria de Magdala, entre outras passagens. 

Há, também, o diálogo entre Jesus, Deus e o Diabo na barca em meio a um nevoeiro que durou trinta dias. Neste encontro, Jesus tem uma breve explicação sobre como será o futuro após a sua morte. Para mim, foi um dos momentos mais interessantes e importantes do livro. 

Depois de uma leitura densa como essa, vou precisar de um tempo para me recuperar... que escritor, minha gente! Que escritor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário